RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



ALVARES DA CUNHA. (Antonio) OBELISCO PORTVGVES, CRONOLOGICO, GENEALOGICO, E PENAGIRICO,

QUE AFECTUOSAMENTE CONSTRUE D. ANTONIO ALVARES DA CVNHA. AO MAIS FAUSTO DIA, QUE EM MUITOS SECULOS VIO LISBOA, NO BAPTISMO DA SERENISSIMA INFANTE D. ISABEL MARIA IOSEPHA, LISBOA. Na officina de Antonio Craesbeeck de Mello, Impressor de Sua Alteza. Anno 1669.

In 8.º de 19x15 cm. com [iv], 130 págs.

Encadernação da época inteira de pele, com nervos e rótulo vermelho na lombada. Exemplar com leve pico de traça marginal e carimbo de posse na folha de rosto.

Inocêncio I, 84. “D. ANTONIO ALVARES DA CUNHA, não menos illustre por sangue que esclarecido por seu talento, foi 15.º senhor de Taboa, Ouguella etc., Commendador da Ordem de Christo, Coronel das Ordenanças da Côrte, Guarda mór da Torre do Tombo, um dos fundadores e Secretario da Acad. dos Generosos, etc., etc. - N. em Gôa em 1626, e m. em Lisboa a 26 de Maio de 1690, deixando numerosa descendencia. Obelisco Portuguez chronologico, genealogico e panegyrico, ao fausto dia do baptismo da serenissima infanta D. Isabel Maria Josepha. Lisboa, por Antonio Craesbeeck de Mello 1669. 4.º de 130 pag. - Preço de 240 até 400 réis. Pouco vulgar. O sr. Figaniere possue um exemplar, e eu tenho outro.”

Referência: 1103CS036
Local: M-3-C-15


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters