RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



FORJAZ DE SAMPAIO. (José Maria e Adrião) ALLEGAÇÃO JURIDICA

sobre O Decreto de 13 d’Agosto de 1832, en causa de PENSÕES DE QUARTO, Sentenciada no Juizo de Direito da Comarca de Coimbra, contra o A. appelante – José José Maria Pereira Forjaz de Sampaio, e a favor do B. appelado – Anselmo José da Cruz Vieira de Campos, Escrivão – Victor. Pelo Advogado do Appelante. COIMBRA, Na Imprensa da Universidade. 1838. Com 32 pags.

Junto com: FORJAZ DE SAMPAIO. (Adrião Pereira) ELEMENTOS DE ECONOMIA POLITICA, traducção livre de J. B. Say: Por Adrião Pereira Forjaz de Sampaio, Lente Substituto Ordinario da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Coimbra, na Imprensa da Universidade. 1839. Com 120 pags.

Seguido de: ELEMENTOS DE ECONOMIA POLITICA, por… Lente Substituto Ordinario [etc]… Segunda edição. Reformada e augmentada. Coimbra: na Imprensa da Universidade. 184(?). Com 176 pags.

Seguido de: ELEMENTOS DE ECONOMIA POLITICA E ESTADISTICA. Por… Lente Catedrático [etc]. Nova edição. Reformada e augmentada. Coimbra, na Imprensa da Universidade. 1845. Com 195 pags.

Seguido de: LIÇÕES DE ECONOMIA POLITICA. Sobre a divisão 3ª da parte 1ª dos Elementos desta sciencia, pelo Auctor dos mesmos Elementos. Coimbra: na Imprensa da Universidade. 1843. Com 216 pags.

Junto com: EXPOSIÇÃO DOS PRINCIPIOS SOBRE A CONSTITUIÇÃO CIVIL DO CLERO, Pelos Bispos, Deputados a’ Assemblea Nacional. Vertida em linguagem, E acompanhada d’huma curta noticia dos principaes sucessos que lhe são relativos. Por*** (anno 1836.). Lisboa: Na Typ. de A. S. Coelho & Compª. S/L (Lisboa). Com 55pags.

6 volumes encadernados em 1. In 8º (de 20x13 cm). Encadernação da época com lombada em pele.

Inocêncio V, 46 e XX, 91: “ADRIÃO PEREIRA DE FORJAZ DE SAMPAIO. Era filho do desembargador Adrião Pereira Forjaz de Sampaio, fidalgo da Casa Real, do conselho de Sua Majestade, comendador da ordem de S. Tiago, sócio da Academia Real das Ciências, membro do Conservatório da arte dramática, de Lisboa; honorário do Instituto de Coimbra, seu fundador e primeiro presidente; honorário da Associação dos artistas, da Nova academia dramática, de Coimbra; presidente honorário do Asilo de infância desvalida, etc. Foi vogal do Conselho superior de instrução pública. Tinha recebido a jubilação de lente catedrático da Universidade de Coimbra em 1870. Faleceu na Figueira da Foz em 1874” [….] “JOSÉ MARIA PEREIRA FORJAZ DE SAMPAIO, Formado em Direito pela Universidade de Coimbra, antigo Desembargador da Relação do Porto, etc. Morreu octogenário em Coimbra, sua pátria a 20 de Janeiro de 1858. V. o seu necrológio no Jornal do Comercio n.º 1303 de 22 do dito mez. De seus filhos Adrião Pereira Forjaz, e Diogo Pereira Forjaz fica neste Dicionário feita a devida menção em seus lugares. EXPOSIÇÃO DOS PRINCIPIOS SOBRE A CONSTITUIÇÃO CIVIL DO CLERO, pelos bispos deputados á Assembléa Nacional, vertida em linguagem, e acompanhada de uma curta noticia dos principaes successos que lhe são relativos. Por*** Lisboa, na Typ. de Antonio Sebastião Coelho & C.ª 1836. 8.º. O sr. conselheiro dr. Adrião Pereira Forjaz, em carta que teve a bondade de dirigir-me, acaba de aclarar o ponto, certificando que a versão, fora de facto obra sua própria, e não de seu finado pai: e que imprimindo-se em Lisboa, sem que ele revisse as provas, saíra do prelo incorrectíssima”.

Referência: 1205JC103
Local: M-13-D-25


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters