RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



ESTATUTOS DA PROVINCIA DE S. ANTONIO DOS CAPUCHOS DO REYNO DE PORTUGAL

Feitos em virtude de hum Breve do Senhor P. URBANO VIII Concedido à mesma Provincia. POR ORDEM DO CAPITULO PROVINCIAL Celebrado em o Convento de S. Antonio da Castanheyra aos 22. de Agosto de 1733. Em que foy eleyto em Ministro Provincial O Ir. Fr. MANOEL DO SACRAMENTO, Prègador. E APPROVADOS EM CAPITULO PROVINCIAL Celebrado em o Convento de S. Antonio da Castanheyra aos 29. de Setembro de 1736. Em que foy eleyto em Ministro Provincial O Ir. Fr. VALERIO DO SACRAMENTO, Ex-Leytor de Theologia, Qualificador do S. Officio, E Ex-Diffinidor. LISBOA OCCIDENTAL. Na Officina da CONGREGAC,AM DO ORATORIO. M. DCC. XXXVII. [1737].

In fólio (de 28x19 cm) com xii-280 págs.

Encadernação da época inteira em pele com ferros e título em rótulo vermelho a ouro na lombada.

Exemplar com folha de rosto espelhada (colada) por motivo de restauro. Cantos das pastas e coifas cansadas. Leves vestígios de manchas de humidade e guardas interiores renovadas.

Obra bastante rara da qual existe apenas um exemplar referenciado na Biblioteca Nacional de Lisboa.

Os Capuchos são uma reforma saída dos Franciscanos Observantes que, com desejo de uma observância mais estrita da Regra, se instalaram em conventos ou ermitérios fora das povoações e formaram Províncias dependentes apenas do Geral dos Observantes. Propagaram-se muito e deu-se-lhes o nome de Récollets na França, Descalzos na Espanha e Capuchos em Portugal.

Entre nós, a primeira Província dos Capuchos iniciou-se em 1517, o mesmo ano em que se tinha fundado também a Província dos Observantes, chamada de Portugal. A Província de Santo António: Província de religiosos franciscanos de «mais estreita observância» formada em obediência à bula Sacrae religionis sinceritas, de 8 de Agosto de 1568, tendo a sua sede no convento de Santo António dos Capuchos, em Lisboa (daí o facto de por vezes ser designada por província dos Capuchos).

Formou-se a partir de um grupo de casas caracterizadas pelo rigor e o recolhimento, razão pela qual os seus religiosos se chamavam «Recoletos». Tendo constituído um ramo franciscano em Itália, por iniciativa do Ministro Geral, Fr. Francisco dos Anjos, em 1524, estenderam-se a Portugal onde formaram uma Custódia em 1565. Desta província derivaram a Província da Conceição em Portugal (1706) e duas Províncias no Brasil. Foi extinta em 1834. O Convento de Santo António da Castanheira, fundado em 1402, situa-se junto ao actual lugar denominado de Loja Nova, no concelho de Alenquer.

Inocêncio IX, 189. Estatutos de Corporações Religiosas apenas refere a primeira versão destes estatutos impressos em 1645 S/local e S/data, mas não refere estes novos estatutos. “Estatutos da provincia de Santo Antonio de Portugal, confirmados por auctoridade apostolica, tirados de varios estatutos da ordem e da provincia, accrescentando nelles o que servia para mais reformação da vida capucha. Feitos e ordenados... no capitulo que se celebrou nesta casa de Santo Antonio de Lisboa no anno de 1645, em que sahiu eleito provincial o irmão Fr. Manuel da Purificação. Sem indicação de logar nem anno. Folio com 57 folhas numeradas pela frente, sem contar as do indice, etc.”

Referência: 1506JC001
Local: M-15-A-1


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters