RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



CRUZ E SILVA. (António Diniz da) ODES PINDARICAS,

POSTHUMAS DE ELPINO NONACRIENSE. COIMBRA, na Imprensa da Universidade, 1801.

In 6º de 14x8,3 cm. com 258, [ii] págs.

Encadernação da época inteira de pele, com ferros a ouro, de belo desenho, na lombada, título gravado a ouro sobre rótulo vermelho.

Exemplar com dano no pé da folha de rosto sem perda de texto.

Rara 1ª edição das odes pindáricas, ou seja escritas sob o modelo das odes do célebre poeta grego Píndaro, conjunto de poemas de grande fôlego que exaltam heróis de Portugal como Vasco da Gama e outros navegadores e guerreiros da epopeia portuguesa. Inclui também poemas de tipo cortesão, em louvor de D. José e de membros da corte contemporâneos do autor.

Foram reeditadas em Lisboa, 2 volumes em 1815 e 1817, em Londres em 1820, e uma edição em 1998 de Vanda Anastácio. 

António Dinis da Cruz e Silva (Lisboa, Freguesia de Santa Catarina, 1731- Rio de Janeiro, 1800), Cavaleiro da Ordem de S. Bento de Avis, doutor em direito civil pela Universidade de Coimbra, seguiu a carreira da magistratura sendo à data do seu falecimento Chanceler da Relação do Rio de Janeiro. Foi poeta de muito mérito, deixando a maior parte da sua obra inédita. Pertenceu à Arcádia Portuguesa com o nome de Elpino Nonacriense.   

Inocêncio I, 123: ODES PINDARICAS posthumas d’Elpino Nonacriense. Coimbra, na Imp. da Univ. 1801. 16.º de 258 pag.

 Dim.: In 6º (14x8.3 cm) with 258, [ii] pp.

Binding: Contemporary full calf with gilt tools and gilt title on red label on spine.

Copy with damage at the bottom of title page with no loss of text.

A rare first edition of the Pindar odes, i.e. written according to the model of the odes written by the famous Greek poet Pindar. A set of poems glorifying Portugal’s heroes, like Vasco da Gama and other sailors and warriors of the Portuguese epopee. It also includes courtly poems praising king D. José and members of the court contemporary of the author.

They were republished in Lisbon, 2 volumes, in 1815 and 181; in London in 1820; and one edition by Vanda Anastácio in 1998. 

 

Referência: 1611JC017
Local: M-3-B-16


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters