RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



FREITAS. (Ascêncio de) AI, AMOR!

Portugália Editora. Lisboa. 2009.

De 23x16 cm. Com 165 págs. Brochado.

«Romance do princípio ao fim carregado do peso da tragédia iminente, onde a solidão, a inconsequência da aventura espiritual, a divagação, a partida e o regresso estão ligados à nostalgia e à dor dos amores infelizes. Sob a chuva miúda e constante, numa atmosfera opressiva, como um estigma fatalista que marca as incertezas que gera, depois de trinta e um anos de ausência, Florêncio Milagres regressa à sua terra natal para viver desterrado num mundo dividido em hemisférios éticos irreconciliáveis, que marcam esses dias numa contagem decrescente que transita da surpresa do imprevisto à tragédia, do amor ao próximo nascido da tolerância racional de uma cultura orientada nesse sentido à maldade furiosa que o homem, na sua condição natural, não consegue controlar. Um romance algo surpreendente na sua construção formal, aparentemente desprendida e solta, quase frenética, mas de profundo sentido reflexivo, que nos leva, no trânsito contraditório da sua humaníssima mensagem, ao mais fundo da natureza humana, onde se confrontam a bondade natural e controlada da vida com a sua desenfreada e irracional brutalidade.»

Referência: 1703NL022
Local: I-14-H-1


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters