RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



VALDEZ. (Henrique) A MARINHA DE GUERRA NA DEFESA DAS COLÓNIAS.

Prefácio do Almirante Emílio Alberto de Macedo e Couto. Tipografia Editora Andrade. Angra do Heroísmo, Terceira, Açores. 1928.

De 24x16 cm. com 278 págs. Brochado precisa de ser encadernado. Ilustrado em extratexto.

Estudo sobre as opções que se ofereciam a Portugal para construir uma marinha de Guerra adequada à defesa dos seus territórios e dos seus interesses.

Trabalho em que o autor revela grandes conhecimentos, muita lucidez e senso crítico.

Contra outras opiniões, defende a aquisição de pequenas unidades navais, com grande enfâse nos submarinos e a sua dispersão por portos em todas as colónias portuguesas, bem defendidos e apetrechados.

Afirma que a defesa das colónias deve constituir o objectivo fundamental e lamenta o erro cometido durante a 1ª Guerra Mundial de enviar tropas para a Flandres, deixando sem meios de defesa as nossas colónias.

Referência: 1704PG028
Local: I-5-D-26


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters