RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



MARTINHO BAPTISTA. (António) A ROCHA F-155 E A ORIGEM DA ARTE DO VALE DO TEJO.

Grupo de Estudos Arqueológicos do Porto. Monografias Arqueológicas 1. Obra subsidiada oelo Fundo de Fomento Cultural e pelo Museu Francisco Tavares de Proença Júnior (Castelo Branco) Organização Gráfica Maia Lopes. Porto. 1981.

De 30x21 cm. Com 83, [iii] págs. Brochado.

Ilustrado no texto com fotografias das gravuras e com um extratexto desdobrável de grandes dimensões.

Obra que estuda e regista as gravuras rupestres existentes numa grande rocha que se situa no meio do Tejo em Fratel (Vila Velha de Ródão) e que foi em parte submersa pela construção da Barragem do Fratel.

Estudo muito importante para o conhecimento da existência dos povos pré-históricos que habitaram a bacia Tejo.

Referência: 1708PG093
Local: I-25-A-17


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters