RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



ACÔRDO POR TROCA DE NOTAS ENTRE PORTUGAL E A GRÃ-BRETANHA. [Conjunto de 15 acordos comerciais celebrados entre 1933 e 1936]

Concluído em Lisboa em 14 de Outubro de 1933. Ministério dos Negócios Estrangeiros. Direcção Geral dos Negócios Políticos e Económicos. Imprensa Nacional. Lisboa. 1936.

De 23,5x15 cm. Com 7; 41; 29; 36; 9; 9; 7; 11; 11; 13; 11; 9; 9; 11; 11 págs.

Encadernação em percalina com os cortes das folhas mosqueados.

Exemplar com duas folhas no início do volume com índice dactilografado e com uma numeração por folhas carimbada no canto superior direito da frente de todas as folhas, incluindo as folhas de rosto, num total de 134.

Apresenta etiqueta de biblioteca no exterior da pasta anterior, etiqueta de encadernador no interior da mesma pasta e Tovar escrito a lápis azul na folha de guarda, o que poderá indicar que este exemplar pertenceu a Pedro Tovar de Lemos, Conde de Tovar (Paris, 1888 - Estoril, 1961), diplomata e investigador que ocupou elevadas funções no Ministério dos Negócios Estrangeiros, representou Portugal em Londres e Berlim e teve intervenção no caso de Aristides de Sousa Mendes. 

Contém, além do acordo com a Inglaterra referido acima, acordos comerciais com a França (13-03-1934),  Países Baixos (28-06-1934), quatro com Itália (um de 4-8-1934 e três de 21-12-1936), Noruega (04-09-1934), Suécia (19-10-1934), Suíça (15-12-1934), dois com a Alemanha (13-04-1935), dois com a Roménia(13-05-1935) e com a Dinamarca (18-06-1935).

Conjunto de folhetos raros e muito importantes para a história da diplomacia no período inicial do Estado Novo. 

Referência: 1710PG093
Local: I-45-H-9


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters