RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SAUNDERS et al. ÁLBUM FOTOGRÁFICO DAS CASAS REAIS DA EUROPA - SEC. XIX.

Álbum fotográfico. Ca. 1870.

De 21x16,5 cm. Com 15 fólios com janelas em passe-partout de 13,5x9,5 cm.).

Contendo 28 fotografias de estúdio (processo em albumina) com retratos de individualidades da nobreza e das casas reinantes da Europa no século XIX.

Encadernação da época, inteira de pele gravada, a seco com motivos decorativos geométricos e com fecho metálico.

Seguidamente listamos os nomes das pessoas identificadas, uma pequena biografia, e o nome de cada fotógrafo impresso nas respectivas cartelas:

A Rainha Victória de Inglaterra - fotografada por Hills & Sauders, London - nasceu em 1819 e reinou desde 1837 até a sua morte em 1901.

O Rei de Espanha, Dom Alfonso XIII de Borbón y Habsburgo-Lorena, (Madrid, 1886 – Roma, 1941) reinou desde a maioridade até sua abdicação em 1931. Durante o seu reinado, ainda na regência de Maria Cristina, a Espanha perdeu as suas últimas possessões ultramarinas de Cuba, Porto Rico e Filipinas durante a guerra hispano-americana de 1898. Fotografado por P. M. Hebert, em Madrid.

A Princesa Dagmar e Princesa Alexandra, netas da Rainha Victória de Inglaterra. Princesa Alexandra da Dinamarca (1844 – 1925), futura Princesa de Gales e Rainha de Inglaterra pelo seu casamento com Eduardo VII, à direita numa foto muito rara, junto com a sua irmã a Princesa Dagmar da Dinamarca (1848-1928), esta, à esquerda na foto, futura Imperatriz da Rússia, que mudou o seu nome para Maria Feodorovna (em russo: Mapия Фёдopoвна Романова), pelo seu casamento com o Czar Alexandre III, tendo sido mãe do último Czar da Rússia Nicolau II. Fotografadas por Maull & Co. , London.

O Duque e a Duquesa de Edimburgo. O Príncipe Alfredo Duque de Edimburgo (1844-1900): o quarto filho da Rainha Victória e do Príncipe Alberto de Saxe-Coburgo e Gotha; reinou como Duque de Saxe-Coburg & Gotha entre 1893 e 1900, tendo sucedido ao seu tio paterno o Duque Ernst II na qualidade de Duque Reinante do Império Germânico. Aqui ao lado da sua mulher Maria Alexandrovna, Princesa de Hesse u. Rhein (1853-1920), quinta filha do Czar Alexandre II da Rússia. Fotografados por F. Backofen, em Darmstadt.

O Imperador da Prússia, Wilhelm Friedrich Ludwig von Hohenzollern (1797- 1888), foi Rei da Prússia desde 1861, tendo sido o unificador e o primeiro Imperador da Alemanha moderna desde 1861 até à sua morte. Fotografado por W. Hoffert, que operava em Dresden, Leipzig, Carlsruhe, Chemnitz e Bad Ems.

Graf von Bismark e o Imperador Guilherme I da Alemanha. O Ministro Presidente Otto von Bismarck (à esquerda na fotografia) foi o braço direito do Imperador Guilherme I na Unificação da Alemanha. Aqui os dois fotografados por W. Berndt, que operava em Dresden, Berlim e Hamburgo.

O Marquês Friedrich Heinrich Ernst Graf von Wrangel (Estetino, Polónia, 1784 — Berlim, 1877) foi um importantíssimo marechal-de-campo prussiano. Serviu durante as guerras napoleónicas e foi condecorado com a Cruz de Ferro. Comandou o exército da confederação germânica durante a Primeira Guerra do Schleswig e foi governador de Berlim de 1849 até 1864. Wrangel morreu em Berlim, aos 93 anos. Fotografado por Loerscher & Petsch, de Berlim e Hamburgo.

A Imperatriz da Rússia Maria Alexandrovna (1824-1880), mulher do Czar Alexandre II. Aqui numa fotografia conhecida da autoria do fotógrafo da corte operava em Moscovo e São Petersburgo.

O Marquês Helmuth Karl Bernhard Graf von Moltken, ou Graf Moltke (1800 - 1891) que foi um importantíssimo marechal-de-campo prussiano, Chefe do Estado Maior do Exército Prussiano durante 30 anos, tendo erguido uma organização militar, e um novo método de dirigir e organizar os exércitos, considerado o símbolo do espírito militar prussiano. Fotografado por Sophus Williams, de Berlim, que operava sob autorização de Loerscher & Petsch, de Berlim e Hamburgo.

O Rei de Portugal D. Luís I de Bragança e de Saxe-Coburgo-Gotta (1838-1889), reinou desde 1861 até à sua morte; segundo filho da rainha D. Maria II de Portugal e do seu marido Dom Fernando II de Saxe Coburgo Gotta. Fotografado em Lisboa, no Palácio da Ajuda, por Trajeta Americana, J. Laurent. Fotog. Madrid.

A Rainha de Portugal D. Maria Pia de Saboia (1847- 1911) era princesa de Itália, segunda filha do rei Vítor Emanuel II da Sardenha (que em 1861 foi o primeiro rei de Itália) e da arquiduquesa austríaca Adelaide da Áustria. Retrato a corpo inteiro possivelmente antes do seu casamento por procuração em 1861, com D. Luís I de Portugal, aqui fotografada por Photographie Parisienne, H. Le Lieure, Turim.

O Príncipe Real de Portugal e futuro Rei D. Carlos I de Bragança e de Saxe-Coburgo-Gotta (1863-1908), filho de D. Luís I e de D. Maria Pia de Saboia. O rei D. Carlos I foi um exímio artista na pintura e na música e um investigador oceanográfico. Esta fotografia foi utilizada como capa do catálogo comemorativo do rei D. Carlos. Apresenta-o com cerca de 5 anos, fotografado por Trajeta Americana, J. Laurent. Fotog. Madrid.

O Infante de Portugal, D. Afonso de Bragança e de Saxe-Coburgo-Gotta (1865-1930), com cerca de 3 anos, fotografado por Trajeta Americana, J. Laurent. Fotog. Madrid. De notar que as anteriores fotografias de D. Luís e dos príncipes D. Carlos e D. Afonso foram realizadas no mesmo local, na mesma data e com a mesma decoração de interior.

A Rainha de Portugal D. Maria Pia de Saboia (1847- 1911) fotografada por Carlos Relvas, 1874, Gollegã, Portugal.

O Príncipe Real da Prússia, Kronprinz Friedrich Wilhelm von Preussen, em uniforme dos Hussardos Prussianos, na patente de Feldmarschall. O Kronprinz era filho do Imperador da Prússia, Wilhelm Friedrich Ludwig von Hohenzollern (vide biografia anterior), distinguiu-se na Guerra Franco-Prussiana, casou em 1858 com a Princess Royale, filha da Rainha Victória de Inglaterra, acusado de ter ideias demasiado inglesas, reinou efemeramente durante 3 meses até à sua morte com o nome de Frederico III, e foi pai do último Kaiser Guilherme II. Aqui numa conhecida fotografia de F. Jamrath & Sohn, de Berlin.

O mesmo Kronprinz Friedrich com os seus dois filhos: Wilhelm (o futuro Kaiser Guilherme II) e Heinrich. Fotografados por Heinrich Graf. Ph Berlin, numa imagem conhecida.

Princess Royale Victoria [???] mulher do Kronprinz Frederico, fotografada por Günther, Bruxelles.

O Rei de Espanha, Amadeu I de Saboia (1845-1890), que reinou entre 16 de Novembro de 1870 e 11 de Fevereiro de 1873. Amadeu era o segundo filho do rei Vítor Emanuel II da Itália e de sua esposa, Adelaide da Áustria, sendo conhecido durante a sua vida como o Duque de Aosta. Foi eleito monarca pelas Cortes Gerais depois da deposição de Isabel II. Regressou a Itália depois de abdicar com a Primeira República Espanhola que regeu a Espanha desde a sua proclamação pelas Cortes, em 1873, até Dezembro de 1874. Aqui o rei fotografado com o Colar da Conceição e a Ordem do Espírito Santo por J. Laurent Photographe em Madrid e Paris.

A Rainha Margarida de Saboia ( Margherita di Savoia) 1851-1926) que reinou entre 1878 e 1900, esposa do rei Humberto I da Itália, o segundo soberano da Itália unificada. A rainha faleceu em 1926, aos 74 anos de idade. O Príncipe Real e único filho da casal, o futuro Vítor Emanuel III, nascido em Nápoles, em 1869, com cerca de 6 a 8 anos de idade, aqui acompanhado pela mãe, encontra-se fotografado pelo estúdio fotográfico H. Le Lieure, em Roma.

O Rei Vítor Emanuel III (1869-1947) de Itália, que reinou desde 1900 até à sua abdicação em 1946. Além disso foi Imperador da Etiópia entre 1936 e 1941 e Rei da Albânia de 1939 até 1943, cujos títulos foram combatidos internacionalmente na Segunda Guerra Mundial. Único filho do rei Humberto I da Itália e de Margarida de Saboia. Durante a crise que se seguiu à Primeira Guerra Mundial, teve um importante papel nas decisões políticas. Em 1922 encarregou Benito Mussolini da formação do governo fascista. Em 1943 destituiu Mussolini e assumiu o comando do exército. Em 1944 renunciou a favor de seu filho Humberto II e pouco depois foi proclamada a República Italiana.

Helena de Montenegro (1873-1952) foi uma das filhas do rei Nicolau I de Montenegro. Helena foi rainha de Itália pelo seu casamento com o rei Vítor Emanuel III em 1896, para o que se converteu ao catolicismo. Devido à conquista da Etiópia em 1936 e da Albânia em 1939 pelo governo fascista, Helena usou o título de imperatriz da Etiópia e rainha da Albânia por um breve período de tempo. Aqui numa raríssima fotografia numa data muito anterior ao seu casamento, pelo fotógrafo Real e Imperial de Viena de Áustria, Hof-Atelier Adèle, I. Graben 19, Wien.

O Príncipe Henrique Filipe Maria de Orleães (1867-1901) nascido em Londres, filho do Duque de Chartres e neto do rei Louis Philipppe de França, primo da Rainha Amélia de Orleães e Bragança. Faleceu em Saigão, no Vietnam, durante uma viagem de exploração científica ao Oriente. Durante a sua vida viajou pela Ásia Central, Sibéria, Tibete e Indochina, tendo as Sociedades de Geografia de Paris e de Londres reconhecido o seu mérito. Em 1897 travou um duelo à espada com o Conde de Turim que ficou famoso. Aqui o Príncipe Henry de Orleães fotografado por Photographia Aurea, Rua de Santa Justa 107, em Lisboa, em 1887.

O Príncipe Imperial Napoleão Eugénio Bonaparte (1856-1879), filho do Imperador Napoleão III e da imperatriz Eugénia de Montijo, herdeiro do trono até 1871 quando foi proclamada a República Francesa. O Príncipe Imperial graduou-se com boa classificação como oficial britânico e tinha uma ligação afectiva à Princesa Beatriz do Reino Unido. Lutou na Guerra Anglo-Zulu, aí perdendo a vida em 1879. Aqui num retrato comemorativo do dia da sua maioridade, item original de uma vasta campanha política para recolocar o príncipe no trono como Napoleão IV, fotografado por London Sterioscopic Co., em 1874.

Mademoiselle Thécia Degrelle-Rogier (1865-1943) filha do Ministro Plenipotenciário do Congo Belga, o Conde Edouard Emile Firmin Degrelle-Rogie (1842-1911) «Envoyé Extraordinaire et Ministre Plénipotentiaire, Secrétaire d"Etat pour les Affaires Etrangéres de l´Etat Indépendant du Congo». Aqui fotografada por Fabronius Photographe, em Bruxelles, circa de 1890.

Outras 3 individualidades deste álbum ainda não estão totalmente identificadas, no entanto listamos aqui os fotógrafos, igualmente famosos que, executaram as imagens:

Estúdio de Mademoiselle Margueritte Relvas, amateur, Gollegã, Portugal.

Estúdio de Portrait Schemboche, Turim e Florença

Estúdio de Le Jeune, L. Joliot, Succ, Paris

 21x16.5 cm. 15 folios with passe-partout windows measuring 13.5x9.5 cm.

Contains 28 studio photos (albumin process) with portraits of nobles and members of the royal houses in 19th century Europe.

Binding: Contemporary full calf, with geometric blind tools and metal clasp.

The names of the photographers are on each photo and among the portrayed we can find: Queen Victoria; the king of Spain, Alfonso XIII de Borbón y Habsburg-Lorena; the granddaughters of Queen Victoria, Princess Dagmar of Denmark and Princess Alexandra, the future Empress of Russia; The Duque and Duchesse of Edinburgh, Prince Alfred and his wife the Russian Princess Maria Alexandrova; Graf von Bismark and the German Emperor, Wilhelm I; among others.

A unique set of photos portraying some of the most important monarchs of 19th century history.

Referência: 1803JC012
Local: M-9-F-52


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters