RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



ACORDO DE PAZ PARA ANGOLA.

República Popular de Angola. Lito-Tipo. Luanda. 1991.

De 21x15 cm. com 64 págs. inumeradas.

Ilustrado com fotografia do momento da assinatura do Acordo de Paz e com os organigramas do Sistema de Verificação e Fiscalização do cessar fogo. Brochado.

Em 1990, na sequência do fim da Guerra Fria, depois da queda do Muro de Berlim em 1989, apresentou-se uma oportunidade para a paz em Angola. As negociações tiveram início em 1990, com Portugal como mediador representado pelo Secretário de Estado dos Assuntos Externos e da Cooperação, Durão Barroso.

O Acordo entre o MPLA e a UNITA foi assinado por José Eduardo dos Santos e Jonas Savimbi em Maio de 1991, em Bicesse, na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, em Portugal. No entanto a oportunidade foi perdida devido às desconfianças e má fé dos dois partidos, à parcialidade de várias potências mundiais, à falta de apoio internacional para implementar a fusão dos dois exércitos e criar instituições democráticas.

A segunda volta das eleições presidenciais nunca se realizou e a Guerra Civil continuou ainda com maior violência até 2002.

Referência: 1806PG019
Local: I-35-C-3


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters